5 recursos necessários para corrigir problemas de gerenciamento de rede

5 recursos necessários para corrigir problemas de gerenciamento de rede

As redes hoje são mais complexas, mais distribuídas e mais dinâmicas do que nunca. Enquanto isso, automação, redes baseadas em intenções e projetos baseados em software estão transformando a forma como as redes são arquitetadas e gerenciadas.

Como resultado, as ferramentas de gerenciamento e monitoramento de rede tiveram que evoluir rapidamente para atender às demandas associadas à supervisão de um cenário cada vez mais diversificado de topologias de rede.

Para tanto, os fornecedores adicionaram novos recursos, alguns baseados em aprendizado de máquina e IA, para ajudar os clientes a manter guias mais precisas sobre o desempenho da rede.

Porém, ainda assim, mais trabalho precisa ser feito para resolver os problemas de gerenciamento de rede. Separamos cinco áreas principais que os gerentes de rede precisam melhorar para satisfazer as preocupações operacionais das empresas.

1.  Análise de rede avançada

As ferramentas de análise de rede, por meio de reconhecimento de padrões, detecção de anomalias e outros recursos, estão dando às empresas uma capacidade sem precedentes de determinar como os usuários estão interagindo com a rede.

Combinando várias fontes de dados, a análise de rede pode fornecer às empresas informações em tempo real que podem ser exploradas para remediar problemas e manter as operações de rede funcionando com eficiência.

Análise extensiva também é vista como um ingrediente fundamental na automação de rede, que permite que as empresas provisionem, solucionem problemas e gerencie suas redes de maneira mais eficiente.

Mas os obstáculos permanecem. Muitas redes usam componentes de rede de vários fornecedores, dificultando a coleta de dados. Além disso, as redes estão cada vez mais distribuídas, com dispositivos e usuários colocados em vários locais. É essencial garantir que as ferramentas de análise de rede tenham uma imagem precisa de toda a rede.

2.  Monitoramento e gerenciamento da nuvem pública

Se a análise de rede abrangente é a principal preocupação dos gerentes de rede, o monitoramento e gerenciamento de nuvem pública estão em segundo lugar.

Com as empresas colocando mais de suas cargas de trabalho críticas na nuvem pública, as empresas precisam de ferramentas que possam medir o desempenho das redes fora de seu controle direto.

Visibilidade com baixa performance e rede fragmentada podem deixar as empresas inseguras sobre se sua rede geral de entrega de serviços está atendendo às expectativas. A base de gerenciamento e monitoramento de rede existente de uma empresa pode ser incapaz de rastrear o desempenho da nuvem pública.

Portanto, as empresas podem ter que implantar ferramentas personalizadas e, em seguida, tentar integrá-las às suas estruturas existentes, o que pode levar a desafios adicionais.

A automação pode aliviar algumas dessas preocupações, junto com a criação de uma estratégia de monitoramento que se concentra nos principais indicadores de desempenho, em vez de tentar monitorar cada componente em ambientes internos e externos.

Como resultado, as empresas podem otimizar seu monitoramento de nuvem pública e reduzir a quantidade de dados de monitoramento que não são considerados críticos.

3.  Monitoramento e gerenciamento de dispositivos de rede virtualizados

A virtualização permite às empresas maximizar a eficiência e a produtividade de seus recursos de computação. Ao mesmo tempo, a virtualização tornou mais difícil para os sistemas de monitoramento e gerenciamento de rede rastrear recursos que, em vez de serem peças individuais de hardware, são software puro.

Como resultado, a eficácia de uma ferramenta de monitoramento de rede pode ser diminuída, deixando a equipe de TI no escuro sobre problemas em potencial e prejudicando sua capacidade de resolver problemas quando diagnosticados pela primeira vez.

As ferramentas de gerenciamento de rede devem ser capazes de dar conta de todas as mudanças e devem ser capazes de compreender como lidar com componentes virtuais.

A rede física, entretanto, continua sendo uma consideração importante. Como tal, o software de gerenciamento de rede deve ser capaz de rastrear o desempenho em ambos os ambientes, virtual e físico, para fornecer uma imagem precisa do desempenho da rede.

4.  Insights de segurança integrados

À medida que os ataques à rede se tornam mais sofisticados e caros, as empresas procuram outras formas de proteger suas redes. Uma estratégia cada vez mais popular é integrar gerenciamento e monitoramento de rede com ferramentas de segurança.

Entre outros benefícios, essa tática permite que os gerentes de rede possam desempenhar um papel maior no tratamento do risco de segurança, especialmente na fase de design, quando todos os recursos disponíveis podem ser utilizados.

As informações coletadas por ferramentas de gerenciamento de rede podem ser compartilhadas com equipes de segurança. Conforme os fornecedores de gerenciamento incorporam automação, aprendizado de máquina e IA em seus produtos, essas metodologias podem fornecer proteção adicional contra ameaças, especialmente à medida que as redes se tornam mais automatizadas e distribuídas.

Esses avanços beneficiarão os gerentes cujas responsabilidades incluem apoiar e colaborar com as equipes de segurança.

5.  Monitoramento e gerenciamento de dispositivos IoT

A IoT impõe novas demandas à rede empresarial moderna, incluindo o volume de dispositivos implantados e a sofisticação desses dispositivos. A Cisco, por exemplo, estimou que haverá quase 15 bilhões de dispositivos IoT conectados a redes até 2023.

À medida que as empresas implantam dispositivos mais complexos, como equipamentos médicos e sensores industriais inteligentes, em suas redes, manter o controle dessa engrenagem requer um sistema de gerenciamento que pode monitorar inúmeros proprietários tecnologias em infraestruturas com e sem fio.

Os gerentes de rede precisam de ferramentas de gerenciamento que possam monitorar a conectividade e o desempenho dos aplicativos críticos que os dispositivos IoT suportam.

Sobre a PROSOLTI

A PROSOLTI Telecomunicações e Informática ltda é uma empresa do ramo de comércio e serviços em Tecnologia da Informação. Foi fundada em 28 de dezembro de 2010 e tem sua sede administrativa em Manaus, Amazonas.

Nossa missão é atender com excelência e oferecer as melhores soluções em TI, produtos e serviços de alta qualidade, agregando um alto valor ao negócio dos nossos clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *